Página inicialNossa EmpresaNossos ProdutosNossos ServiçosEntre em ContatoFaça seu cadastro
Busca rápida

Em cinco anos, produção de smartbooks atingirá 163 milhões de unidades

24/02/2010 - 16:15:07

Previsão da ABI Research leva em conta apenas os aparelhos móveis com conexão à web e chip com arquitetura alternativa ao x86, iPad incluído.

Em 2015 a indústria eletrônica global deverá produzir 163 milhões de smartbooks, de acordo com pesquisa da ABI Research divulgada nesta segunda-feira (22/2).

O número corresponde à definição da empresa para 'smartbook': aparelhos móveis com conexão permanente à web, por Wi-Fi ou rede 3G, e que não usam processadores x86, como os chips de PC feitos pela Intel e pela AMD.

A ABI nota que os dois principais promotores do conceito de smartbook (e que são fornecedores de tecnologia) são a Qualcomm e a Freescale. Outros fabricantes de chip, como TI e nVidia, fazem parte deste mercado.

As primeiras fornadas de smartbooks deverão vir de empresas tradicionais como Lenovo e Sharp, e de estreantes como a Always Innovating, lembra a empresa de pesquisas. Tecnicamente, até o iPad pode ser considerado um smartbook.

A adoção em massa, no entanto, dependerá do preço final. Segundo a ABI Research, os preços iniciais dos aparelhos deverão ficar em 200 dólares ou menos.



Ver notícia em seu site de origem.